Adutora do Alto Sertão irá beneficiar 130 mil alagoano

large-3

Empenhado em solucionar os danos causados pela estiagem no Semiárido de Alagoas, o poder público estadual aposta em infraestrutura hídrica. Para o segmento, já está prevista a entrega das melhorias e da ampliação da Adutora do Alto Sertão, em março deste ano. O sistema será interligado ao Canal do Sertão, com mais de 100 km de adutoras ao alcance de 130 mil sertanejos, distribuídos entre oito municípios.

O reforço beneficiará a população dos municípios de  Água Branca, Canapi, Delmiro Gouveia, Inhapi, Mata Grande, Olho d’Água do Casado, Pariconha, Piranhas e mais 25 povoados circunvizinhos. “Com a Adutora do Alto Sertão, iremos ampliar e otimizar o abastecimento d’água local e levar mais oportunidades, qualidade de vida e geração de renda para a região”, destacou a secretária da Infraestrutura, Aparecida Machado.

Aparecida  -580x387

Interligado ao km 37 do Canal do Sertão, o sistema já possui 70% das obras executadas. “A parte civil já está concluída, o que corresponde às adutoras, às estruturas das duas Estações Elevatórias e da Estação de Tratamento de Água. No momento, falta apenas a montagem dos equipamentos eletromecânicos, como bombas, sistemas elétricos e conexões”, esclareceu o superintendente de Infraestrutura Hídrica, Alexandre Barros.

A obra possui R$ 127 milhões de investimentos, por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), e é executada pela Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra). Após sua conclusão, será operada pela Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal), órgão vinculado à pasta.

SEINFRA ALTO SERTAO -580x387

Outras adutoras – Em paralelo, a Seinfra dá continuidade às ações para a execução das obras das adutoras da Bacia Leiteira e do Agreste, que juntas irão contemplar cerca de 950 mil alagoanos.

A Adutora da Bacia Leiteira será interligada ao Canal do Sertão, no km 145, e levará água para 240 mil sertanejos. Com a integração, serão contemplados 235 povoados e 19 municípios, como Batalha, Belo Monte, Jaramataia, Major Isidoro, Olho d’Água das Flores, Santana do Ipanema e São José da Tapera.

Já a Adutora do Agreste conduzirá a água do Canal, a partir do km 220, para outros 19 municípios e 611 povoados. A estimativa é de que 708 mil alagoanos sejam beneficiados. Entre os municípios contemplados estão Arapiraca, Campo Grande, Craíbas, Estrela de Alagoas, Feira Grande, Girau do Ponciano e Palmeira dos Índios.

Agência Alagoas