Curso de capacitação em vermicompostagem é realizado em Viçosa

Evento faz parte do convênio para capacitar comunidades rurais acerca da gestão responsável dos resíduos sólidos

dd48a8a417999e0f5d37156b623228bf_L

A Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura (Seagri), em parceria com o Instituto de Inovação para o Desenvolvimento Rural Sustentável de Alagoas (Emater-AL), Secretaria de Estado do Meio Ambiente e do Recursos Hídricos (Semarh), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e Prefeitura Municipal de Arapiraca, realizou, nos dias 27 e 28 deste mês, no município de Viçosa, a segunda etapa de capacitação em aproveitamento de resíduos sólidos orgânicos, através da metodologia de vermicompostagem.

“Esse método consiste em controlar os processos de decomposição da matéria orgânica, através de micro-organismos e as minhocas, tendo como produto final o Humus. A principal função do Humus é estruturar os solos, aumentando consideravelmente a retenção de humidade e, principalmente, a capacidade de trocas de nutrientes (CTC)”, afirmou o assessor especial da Seagri, Edson Maruta.

Participaram da capacitação, 35 técnicos indicados pelos órgãos envolvidos com o objetivo de replicar a metodologia nas comunidades rurais, diminuindo o impacto ambiental e proporcionando, aos agricultores familiares, um excelente adubo orgânico para a sua atividade rural.

Com parte da carga horária, aconteceu ainda uma visita técnica, na comunidade Bananal, ao maior produtor de Humus do Nordeste, a Fertisolos, com capacidade de produção de 60 toneladas por mês.

O curso faz parte do convênio que foi firmado no dia 22 de Junho e tem como proposta a cooperação técnica para capacitar a população residente nas comunidades rurais acerca da gestão responsável dos resíduos sólidos.

A próxima etapa da capacitação, ainda sem data prevista, deverá abordar o tratamento de resíduos líquidos através da técnica de biodigestão.

André Risco – Agência Alagoas

29/07/16