Em meio à crise e protestos de servidores, diretora do HGE é exonerada

diretora
No mesmo dia em que servidores do Hospital Geral do Estado protestaram contra a contratação das Organizações Sociais – as OSs – que deverão administrar unidades de Saúde, incluindo o HGE, e contra a falta de estrutura e medicamentos, a diretora do HGE, Verônica Maria Leite Omena, foi exonerada do cargo.

A exoneração, que ainda não foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE), foi confirmada pela médica. Verônica explica que recebeu um telefonema da secretária de Saúde, Rosângela Wyszomirska, comunicando seu desligamento. Segundo Verônica, sem muitas explicações, a secretária disse apenas que, para o bem da gestão, haveria mudanças no comando do HGE. Ela disse ainda que não há informações sobre quem vai assumir o cargo.

No início da tarde desta quarta-feira, alunos e servidores da Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal) e também do HGE fizeram protesto contra a contratação das Organizações Sociais e contra a falta de estrutura e medicamentos nos dois hospitais.
TNH1