IML identifica corpo de assaltante morto confronto com militar em Coruripe

Acusado era envolvido em vários crimes no Litoral Norte e Sul do Estado

140bf028321552b14068e2ac7d1455a2_L

O assaltante morto durante confronto com um militar na noite desta segunda-feira (8), na cidade de Coruripe foi oficialmente identificado na manhã desta terça-feira (9), no Instituto de Medicina Legal de Maceió. Trata-se do fugitivo da policia, Altair Caetano da Silva, vulgo Neném, de 26 anos, desempregado, casado, natural de Maceió, com residência fixa na Barra de São Miguel.

A identificação foi realizada pelo pai do morto, o senhor Aristeu Caetano que esteve no IML da capital, onde apresentou os documentos do acusado do arrastão que deixou gravemente ferido o sargento da PM de Alagoas Gilmar Barbosa. Bastante abalado, o genitor de Altair afirmou que o filho tinha várias passagens pela polícia, e como ele não aceitava conselhos, já esperava receber a notícia da sua morte.

A vida criminosa de Altair começou em 2009, quando ele ainda era menor de idade. Na época, com 17 anos, ele foi preso em Maceió pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo e formação de quadrilha. Em 2011, Altair voltou a ser preso, dessa vez, acusado pelo crime de homicídio ocorrido no município da Barra de São Miguel.

Altair voltou a ser autuado por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo em 2013. E este ano, ele foi identificado como autor de roubos de veículos, sendo um no município de Paripueira e outro em São Luiz do Quitunde, além de está envolvido no sequestro do empresário do ramo de eventos, André Almeida, fato ocorrido no dia 3 de junho deste ano, quando ele saia do seu estabelecimento no bairro do poço em Maceió.

O corpo de Altair já foi necropsiado e liberado para sepultamento. O laudo cadavérico será encaminhado para o Distrito Policial de Coruripe responsável pela investigação do assalto que deixou gravemente ferido o militar alagoano que se encontra em estado grave no HGE da Capital.

Aarão José – Agência Alagoas

09/08/16