IPTU será revertido em obras, diz Prefeitura de Maceió

ed8580b3-b91d-4874-8547-a6adb0b519b9

O Imposto Territorial e Predial Urbano é um dos tributos municipais mais importantes para o desenvolvimento da cidade. O montante arrecadado gera recursos que são revertidos em investimentos na saúde, educação, infraestrutura, limpeza urbana e outras áreas de atuação do Município.

Em 2016, a estimativa de arrecadação é de R$100 milhões que serão aplicados em 11 reformas e cinco construções de unidades de saúde, reforma de seis quadras poliesportivas, da Praça da Faculdade e de 11 escolas, além de conclusão de pavimentação e drenagem em diversas ruas da cidade.

Quem optar pelo pagamento em cota única vai obter desconto de 10% e quem escolher débito automático, recebe mais 2% de abatimento.  O vencimento da cota única é dia 20 de março e dos boletos de parcelamento, dia 30 do mesmo mês. Quem escolher parcelar poderá pagar em até 10 meses.

De acordo com o secretário de Finanças, Gustavo Novaes, O IPTU possui fundamental importância na receita municipal para que haja os investimentos demandados pela própria população. “O prefeito tem aplicado os recursos oriundos do imposto em diversas obras na cidade, sejam em pavimentação pública, praças ou escolas”, destacou.

O gestor pontuou ainda que os inadimplentes poderão ter suas contas online bloqueadas, além de sofrer eventual restrição ao crédito, conforme parceria estabelecida entre a Prefeitura e os cartórios da capital.

Carnês

Em 2016, os carnês de IPTU serão distribuídos a partir da segunda quinzena de fevereiro e quem não receber o carnê poderá recolher o tributo por meio do site da secretaria www.maceio.al.gov.br/smf, ou recolher nas centrais de atendimento da Finanças.

Secom/Maceió