Marcos Madeira cria factóide para tumultuar eleição em Maragogi

i-1

 Maragogi – 22 – Causou maior indignação no Trade Turistico de Maragogi, a iniciativa do candidato a prefeito Marcos Madeira(PMDB) de denunciar na delegacia de Policia que estaria sendo ameaçado de morte pelo empresário Gilberto Laranjeiras, 63 anos idade, pai da candidata a vice prefeita pela Oposição, petebista Izabelle(Belinha) Laranjeiras.

Gilberto Laranjeiras é um empresário há 27 anos instalado gerando emprego em Maragogi com um restaurantes Frutos do Mar de linha internacional e mesmo sendo natural de Pernambuco, ele foi ortogado com título de cidadão Maragogi, dado pelo ex-vereador Sinho, da tropa de choque do ex-prefeito Marcos Madeiras e secretário do atual prefeito.

O inusitado é que o delegado até o momento, não dando muita credibilidade a denúncia, ainda não ouviu o empresário Gilberto Laranjeiras e nem sequer, ouviu as testemunhas.

Para o empresário Betinho Laranjeiras – filho de Gilberto – que se encontra em Brasília tratando de negócio, o ex-prefeito Marcos Madeira deve estar delirando pela derrota que irá ter no dia 2 de outubro ou então, é um grande apreciador de novela de ficção. ” Meu pai tem sua vida focada no trabalho desde dos 13 anos de idade, criou seus filhos e se encontra criando os netos com muito respeito e dignidade.

Também, a empresária do mesmo ramo a vereador Elba Vasconcelos comentou, ” isso é um delírio do Madeira.” Convivemos com Gilberto Laranjeiras há décadas e se tratar de um empresário sério e probo.” ” Desconhecemos esse lado do Gilberto Laranjeiras, tratando-se de um empresário que aqui chegou em Maragogi só construiu amizades”, disse Elba.

0 senador Benedito de Lira que se encontra circulando no interior em campanha dos seus aliados, disse ” isso não passa na cabeça de pessoa lúcida e correta que um sexagenário empresário bem sucedido no ramo de turismo, onde na alta estação de turismo recebe uma frequência de hum mil turísticas nacionais e internacionais com quatro catamarã na praia de Maragogi seja uma pessoa violenta. “Conheço essa família Laranjeiras como construtores do desenvolvimento de Alagoas, jamais encaminhando para a violência”, avaliou Lira.

Gilberto Laranjeiras jamais usou qualquer tipo de segurança para circular entre sua residência até o restaurante Frutos do Mar, onde entre outros frequentadores, lá já estiveram o governador Renan Filho, o próprio secretário de Segurança, coronel Lima Junior e todas as classes políticas de Alagoas quando vem até Maragogi como exemplo, o senador Collor, ex suplente de senador Euclydes Mello e advogado Djalma Mello, o ministro dos Transportes, Aviação Civil e Portos, Mauricio Quintella e o deputado federal Ronaldo Lessa, entre outros frequentadores do restaurante.

Ronaldo Lessa prestigiou o título de cidadão alagoano de Betinho Laranjeiras dado pela deputada Thaises Guedes
Há 1 ano e 8 meses, a deputada Thaises Guedes(PSC) concedeu o título de cidadão alagoano ao empresário Betinho Laranjeiras, irmão de Belinha e filho do Gilberto Laranjeiras.

“História”

Madeira recebeu uma informação de que o empresário teria entrado em contato com um “matador de aluguel” para assassina-lo. O crime, segundo a fonte, poderia ocorrer em qualquer lugar frequentado pelo candidato, principalmente em Maceió.

A capital alagoana foi o local citado pelo empresário, pelo fato de Marcos Madeira circular na cidade sem a companhia de seguranças. Gilberto Laranjeiros, proprietário do restaurante Frutos do Mar, teria prometido R$ 50 mil pela morte.

amedrontado, tenho uma vida pautada pelo respeito ao próximo e sempre fiz campanhas pacíficas. Vou procurar o primeiro escalão do meu partido, o governador Renan Filho e o senador Renan Calheiros, para explicar a situação e pedir proteção”, afirmou Marcos Madeira.

Diante da situação, o deputado estadual Marquinhos Madeira (PMDB), filho de Marcos Madeira, também solicitará uma audiência com o secretário de Segurança Pública para denunciar as ameaças sofridas pelo grupo nessas eleições.

bernardino-souto