No dia em que Alagoas comemorou sua emancipação política, Governador Renan Filho tenta alavancar candidatura do PMDB em União dos Palmares

uniao-1

Um comício que serviria para confirmar a força da militância verde em União dos Palmares, nesta sexta-feira,16, com a presença do governador  Renan Filho, acabou não conseguindo repetir a “porção mágica” da primeira carreata no bairro Roberto Correia de Araújo, passando pelo centro num roteiro de maratona olímpica.

Defensores do candidato Kil de Freitas (subjudice) que continua tendo sua chapa questionada pelo candidato, Eduardo Pedrosa, seu principal adversário a prefeitura municipal, no TRE-AL, alegam que a baixa frequência da noite de emancipação política de Alagoas, foi motivada pelo cansaço da última carreata e a espera angustiante pelo governador Renan Filho que resolveu iniciar sua peregrinação política na Zona da Mata, na cidade onde o prefeito-candidato, Rodrigo de Neno, de São José da Laje, ver o seu antagonista, Duduí, se aproximando cada vez mais .

Renan Filho copiou artistas renomados da música brasileira , que faz show em cidades diferentes ao mesmo tempo , e com isso deixa a plateia esperando como noiva que não quer casar porque está com a cabeça inchada pelo outro, mas, mesmo assim, vai, nem que compareça três horas depois para a cerimônia.

Foi um comício onde os discursos dos candidatos a vereador que apoia o candidato Kil de Freitas foi barrada. Não dá mais para perder tempo, tem muito candidato que adota o blá blá blá político e a militância verde e dispersa já não suporta mais. Daí, então, resolveu-se dá o microfone ao ex-prefeito Iran Menezes, que não perdeu a oportunidade de fazer apologia ao passado administrativo de sua carreira política.

Iran Menezes ironizou a cidade que diz ‘amar sobre todas as coisas’ ao aconselhar o governador caminhar a passos lentos, pois poderia pisar num buraco. Um tiro no pé essa do ex prefeito ao fazer uso da palavra, onde deveria dá provas de seu legítimo interesse pela cidade, fazendo no mínimo o dever de casa já que ele é diretor do DER,  fechando as crateras da fina camada de asfalto que ele mesmo colocou há anos, quando era cabo eleitoral do ex-governador Manoel Gomes de Barros.

o encontro com a militância verde, Renan Filho, foi enfático em desejar na prática trabalhar por União dos Palmares. Lembrou da mão estendida do governo do estado para o hospital São Vicente de Paulo. É o mínimo que o governador tem que fazer em relação ao hospital já que muitos de seus conterrâneos de Murici quando precisa de atendimento de urgência se deslocam para serem atendidos no hospital São Vicente . Falou, ainda, do desejo real de querer fazer a estrada de acesso a Serra da Barriga, da Barra do Canhoto e de concluir a obra da Uneal.

Estilo Forest Gump, o governador se transformou num exímio contador de histórias futuras e passadas quando o município de União dos Palmares foi reconhecido por ele, como cidade Pólo de uma região onde a juventude precisa de oportunidades. Renan Filho acabou aos gritos dizer que é 15, é 15 é 15 !, para um público voltado mais para a novela do Velho Chico.

Do candidato Kil de Freitas, uma surpresa: muitos atribuíram a sua fala recheada de cortesia ao adversário a presença do governador Renan Filho. Kil de Freitas adotou uma narrativa administrativa muito prolixa, tentando a todo custo remeter a militância já de olheiras, a sua passagem a frente da prefeitura.

Devido ao passar das horas, o comício do candidato Freitas ficou por ali mesmo(21h) e a certeza de que um raio não cai no mesmo lugar, duas vezes.