Pesquisa inglesa confirma: Vai chover.. e vai doer

Pesquisa inglesa comprova a velha suspeita de que o tempo úmido piora a intensidade da dor

dores-nas-articulacoes-620x442

Agora vem com o aval da ciência: é verdade que quando chove as pessoas sentem mais dor. A conclusão é de um estudo realizado pela Universidade de Manchester, na Inglaterra, divulgado na última semana.

É fruto de um projeto da instituição inglesa batizado de ‘Cloudy with a chance of pain” (nublado, com chance de dor), criado para desvendar se a conexão – percebida pelo grego Hipócrates há cerca de 2,5 mil anos – era verdadeira.

Os cientistas criaram um aplicativo capaz de registrar as mudanças no clima e o quanto de dor uma pessoa está sentindo. O recurso foi usado por nove mil pacientes acometidos por dor nas costas, artrite ou enxaqueca.

O cruzamento das informações deixou claro que nos dias chuvosos a intensidade da dor foi maior. Entre fevereiro e junho, período marcado por vários dias ensolarados e mais secos, os participantes relataram que o desconforto tinha ficado bem menor.

“Tenho vários pacientes que me dizem conseguir prever as alterações no clima por meio de como estão se sentindo”, disse o médico Will Dixon, coordenador do projeto e habituado a tratar muita gente com artrite.

A BUSCA DE RESPOSTA

Iniciada em janeiro, a pesquisa tem mais um ano pela frente. Nesse período, além de expandir o número de voluntários, os médicos pretendem esclarecer quais os mecanismos por trás da associação entre a chuva e a dor.

Eles acreditam que a resposta pode estar nas variações da pressão atmosférica. Quedas em seus níveis provocariam um deslocamento nos fluidos presentes nas juntas, fenômeno que aumentaria a dor.

E baixa pressão atmosférica também facilita a ocorrência de chuva. “Em termos de fisiologia, faz todo sentido que a pressão do ar, que influencia o tempo, também tenha impacto sobre o nível de dor”, diz Dixon.

MUDANÇA DE ROTA
Os cientistas acreditam que o resultado pode:

> Ajudar os pacientes a se preparar para eventuais pioras, escolhendo para um dia chuvoso atividades menos desgastantes

> Estimular a criação de tratamentos que levem em consideração a variação climática

istoe

12/09/16