População dispõe de canais para denunciar descarte irregular de lixo

IMG_6891-1024x683

Para que a população da capital alagoana usufrua de um serviço de coleta de lixo eficaz e de qualidade, a Prefeitura de Maceió, por meio da Superintendência de Limpeza Urbana (Slum), disponibiliza a todos os cidadãos maceioenses dois canais de comunicação para o registro de denúncias e irregularidades referentes ao descarte irregular de resíduos em espaços públicos: o Disque Limpeza e o Fale Conosco.

As denúncias no Disque Limpeza podem ser feitas no número 3315-2600 de segunda-feira a sábado. Durante a semana, o atendimento ao público é realizado das 8h às 18h. Aos finais de semana, as denúncias podem ser registradas no período das 6h às 18h.

“A Slum conta hoje com uma sala de monitoramento totalmente equipada e que consegue pontuar a maioria dos problemas relacionados ao descarte irregular de lixo em Maceió. Mas só é possível enxergar essa problemática a partir das denúncias feitas pelos cidadãos. Para o maceioense que necessita solicitar os serviços de limpeza para sua comunidade é preciso que ele ligue para o Disque Limpeza, no número 3315-2600. As equipes da Slum estão aptas e capacitadas para atenderem as ocorrências num menor espaço de tempo”, destaca o superintendente da Slum, David Maia.

O Fale Conosco da Slum também é um outro canal de atendimento criado para atender as necessidades dos maceioenses. Os cidadãos podem registrar as ocorrências através do link www.maceio.al.gov.br/slum/fale-conosco. Toda solicitação de serviço feita é encaminhada à Diretoria de Operações, no caso de pedidos para limpeza, e para a Coordenação de Fiscalização, caso a denúncia seja relacionada ao descarte inadequado.

“Este é mais um meio adotado pela Slum para que a população possa relatar os problemas relacionados ao descarte irregular de lixo. É necessário que os maceioenses também tenham consciência de que o lixo deve ser descartado nos locais adequados, prezando sempre pela conservação do meio ambiente e por uma cidade limpa e agradável de se viver”, pontuou Maia.

Além do Disque Limpeza e do Fale Conoso, as equipes da Slum também realizam um monitoramento diário nas ruas da cidade. As rondas são feitas para garantir que não haja acúmulo de resíduos em espaços públicos. Para demandas maiores, é recomendado que a solicitação seja protocolada por meio de ofício na sede da Superintendência, que fica localizada na Praça Ciro Acioli, no bairro de Ponta Grossa.

Agência Maceió

08/08/16