Segurança Pública registra queda de 40% nos roubos a coletivos em Maceió

Resultado é fruto de parceria entre SSP, Sindicado dos Rodoviários e empresas de ônibus

4d4ed9e165c25a2722ccc92ecd009648_L

O trabalho de combate a roubos em coletivos na capital continua. Nesta quarta- feira (3), o secretário de Estado da Segurança Pública de Alagoas (SSP/AL), Lima Júnior, reuniu representantes da Polícia Militar de Alagoas (PM/AL), Sindicato dos Rodoviários e empresas de transporte público para avaliar os resultados obtidos nos últimos meses e definir novas estratégias de segurança para o mês de agosto.

Segundo Lima Júnior, a SSP calculou, do dia 19 de abril até julho, queda de 40% nas ocorrências. Para o secretário, o resultado comprova a eficácia da operação Coletivo Seguro, da Polícia Militar, e da Operação Integrada, iniciada também no primeiro semestre deste ano pela PM e Polícia Civil.

“A Segurança Pública tem dado uma atenção diferenciada aos rodoviários e empresários do transporte público, e isso beneficia, principalmente, a população com menor poder aquisitivo, que utiliza os coletivos diariamente para trabalhar, estudar e cumprir suas atividades, pois são nessas ocasiões que o cidadão é vitimado pelos bandidos”, afirmou o secretário.

Lima Júnior disse ainda que a Secretaria de Segurança Pública tem monitorado o número de prisões por roubo a coletivos. A finalidade, segundo ele, é facilitar a punição dos ladrões e a elaboração de estratégias mais efetivas para coibir as práticas criminosas.

“Só em julho, a polícia prendeu 16 pessoas em flagrante por assalto a coletivo, mas temos números maiores de prisão por porte ilegal de arma em pontos de ônibus e dentro dos transportes, sem que os assaltos tenham sido anunciados”, revelou.

Sindicato e Transpal

Para o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado de Alagoas (Sinttro/AL), Hernande José dos Santos, a parceria com a secretaria tem dado certo.

“Minha avaliação é positiva, pois temos visto a seriedade do coronel Lima Júnior, que sempre atuou de forma compromissada para obter êxito nas responsabilidades que assume. Apesar de vivermos um momento delicado, já constatamos uma diminuição dos casos de abril para cá, e isso se deve a parceria entre Sinttro, Transpal e SSP”, compartilhou o sindicalista.

Na reunião, a Associação dos Transportadores de Passageiros do Estado de Alagoas (Transpal) assumiu o compromisso de repassar à Secretaria, semanalmente, o número atualizado de ocorrências e locais com maior incidência, para fortalecer o trabalho da polícia.

“Tínhamos uma média de quatro assaltos por dia e, agora, o número baixou para 2, praticamente. Isso é muito bom”, comemorou um dos representantes dos empresários na reunião, Anderson Costa Cabral. Segundo ele, os bairros com o maior número de casos são: Prado, Levada, Clima bom, Chã da Jaqueira, Bebedouro e Jacintinho. Há registros também em trecho do Mercado da Produção.

O chefe da Segurança Pública garantiu, mais uma vez, a permanência das ações. “Esse é um projeto contínuo, pois quando combatemos os assaltos a coletivos alcançamos milhares de pessoas. Só para ter uma ideia, todos os dias circulam uma média de 700 ônibus em Maceió”, contou Lima Júnior, informando que uma nova reunião de avalição foi agendada para o início de setembro.

O comandante do Policiamento da Capital, coronel Claudivan Albuquerque, também participou da reunião. Ele é um dos coordenadores das operações.

Gildo Júnior – Agência Alagoas

03/08/16